Este espaço é destinado à reflexões sobre Tarô, Oráculos e Espiritualidade.

"Uma viagem pelas cartas do Tarô, é uma viagem às nossas próprias profundezas." Sallie Nichols em Jung e o Tarô


quinta-feira, 11 de abril de 2013

Objetivo do Tarô


Adivinhação e Autoconhecimento: duas visões excludentes  


Atualmente, o Tarô é usado a partir de duas visões radicalmente diferentes e excludentes, que são a adivinhatória ou futurológica e a de autoconhecimento. Enquanto o Tarô adivinhatório pretende conhecer o futuro, o Tarô de autoconhecimento procura a transformação do ser humano. O Tarô adivinhatório pretende conhecer fatos, o Tarô de autoconhecimento pretende compreender os fatos conhecidos. Existem diferentes modalidades de Tarô de autoconhecimento. Cabe destacar a linha Junguiana, a de Jodorowsy e a minha que , a partir de 1987, chamo Tarô Terapêutico. O Tarô Terapêutico tem como objetivo sintonizar o indíviduo com a sua essência e identificar e ajudar a resolver bloqueios, medos e padrões de comportamento que dificultam sua realização plena. Para o Tarô Terapêutico, o centro não está nos fatos e circunstâncoias, mas no indivíduo que os vive.

Fonte: PRAMAD, Veet. Curso de Tarô e seu uso Terapêutico. Editora Madras.